Meu cantinho – meu lugar preferido da casa

Meu cantinho – meu lugar preferido da casa
18 de abril de 2020 Luiza Teodoro
Avatar
In Life style

Oi gente,

sabe aqueles videos de tour de algum comodo? Então resolvi fazer um post tour (kkk nem sei se existe isto) do meu cantinho preferido da casa. Este é o cantinho exclusivo meu e nem preciso dizer que adoro. Neste comodo tem a decoração do jeito que gosto, com as minhas coisas. Neste espaço é onde eu crio todas as coisas, onde estudo e onde eu concentro também toda a minha bagunça (kkk).

Esta mesa eu comprei os cavaletes na Leroy Merlim e no mesmo lugar comprei o tampão da mesa de mdf que eles mesmo cortaram no tamanho para mim. Na parte debaixo do cavalete coloquei mdf também para conseguir guardar os meus cadernos, pastas e tudo mais. Peguei uma caixa de papelão e encapei com contact com uma estampa de mármore que gostei. Na parte sobre a mesa, gosto de deixar a vista todos os materiais que uso com uma maior frequência, por isso esta bagunça organizada eu diria.

Na parede eu pintei apenas dividindo com fita crepe, tinha feito os filtros dos sonhos a um tempo e pude colocar nesta parede, o que achei bem legal e muito bonito com a composição. Coloquei as minhas coisinhas na estante de pinus (também da Leroy), uma plantinha no chão (que não poderia faltar). Coloquei mais coisinhas fofas de decoração nas prateleiras do guarda roupa, dentro guardo toda a bagunça haha (me recuso a mostrar kkk) mas esta todo material que uso, árvore de natal, caixas com decorações etc, e em uma das portas guardo todos os meus livros. Ahh… não esqueçam do meu peso de porta super estiloso (só que não kk) mas prometo tomar vergonha e trocar kkk.

Este é o meu espaço preferido da casa, fico muito inspirada nele para criar e adoro isto. Uma das coisas que mais adoro também é que posso concentrar toda minha bagunça e fechar a porta se for preciso kkk.

Achei uma poesia que transmite um pouco do que sinto sobre este espaço:

 

Sabe aquele lugar no cantinho, bem escuro,
lá atrás da zilhonésima oitava cadeira,
onde nem mesmo o ar habita?
Pois bem: é ali que eu fico. Ali é o meu cantinho.
Não é no palco, nem sob as luzes.
É ali mesmo, longe da vista de tudo e de todos.
E o que eu estou fazendo ali?
Me esforçando para fazer dele
um lugar melhor e mais bonito.

Augusto Branco

 

Conheçam mais algumas fotos deste canto tão especial para mim.

 

 

 

 

 

Comments (0)

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*